Anilta de Ogum filha de Paulo do Xangô

terreirosNossa oitava visita, aconteceu dia 22 de janeiro, no período noturno e registrou a história de Anilta Galvão da Silva que por muito anos permaneceu filha do Pai Paulo do Xangô, iniciado aos 14 anos, falecido aos 52 anos. Ambos começaram na Mãe Teresa, onde Anilta conheceu Pai Paulo e se tornou sua seguidora. Morou com ele no bairro Beatriz e residiam no bairro Popular há mais de 35 anos. Paulo iniciou na nação Oyó, onde se tornou Babalorixá. Com a mãe Dilva de Porto Alegre/RS posteriormente tornando-se filho do Pai Paulo do Bará do mesmo Estado de Dilva. O Babalorixá Paulo do Xangô, além de atender quem lhe procurava ainda realizava em determinadas épocas, como no Natal, entrega de presentes, doces, brinquedos às crianças do Popular e adjacências. Na foto: O espaço de devoção usado e criado pelo Pai Paulo e hoje usado pela Anilta para atendimento.