Sobre origem do Maracatu ainda existem controvérsias mas…

Sobre origem do Maracatu ainda existem controvérsias, mas no Brasil em meados de 1700, o povo já fazia as manifestações através de danças com aspectos teatrais, nas cerimônias e festividades promovidas pela côrte.  Era realizada com o acompanhamento de instrumentos de percussão e seus dançarinos vestiam-se como personagens da Realeza composta por um porta-estandarte, rei, rainha, damas do paço, duque, duquesa, principes, princesas, caboclos de penas, meninos lanceiros e baiana incluindo-se a presença de bonecos chamados de “Calungas”, que representavam um agrado para as entidades religiosas. Atualmente existem grupos percussivos que trabalham com elementos da Cultura do Maracatu Nação em quase todos os estados brasileiros e em diversos países como Canadá, Inglaterra, França, Estados Unidos da América, Japão, Escócia, Alemanha, Espanha, entre outros.

O Ponto de Cultura Nefa e a Cia Etc i Tal, tal como todas as entidades que trabalham com a difusão de Cultura, tem a obrigação de oferecer a Cultura em suas mais diversas formas para a população, encontrando no Maracatu mais uma chance para realizar o seu trabalho.

O curso gratuito de Maracatu oferecido pelo Ponto de Cultura Nefa tem como foco a música do Maracatu, e forma de construção de seus instrumentos.

As inscrições ainda estão abertas e o curso teve seu inicio no dia 20 de Agosto, mas segue até o mês de dezembro, todos os sábados.

Aproveitem e inscrevam-se!!

Quem sabe este ano não construiremos um grupo forte e altivo pelo qual poderemos levar o Maracatu produzido em Santa Catarina para o resto do Brasil?!

As inscrições podem ser feitas no Ponto de Cultura Nefa, ou através do telefone!

Rua: Alfredo Dávila n° 85

Telefone: 4105 – 0665

Siga-nos no Twitter, @pontonefa

Blog: pontonefa.wordpress.com

E-mail:pontodeculturanefa@bol.com.br

 

Tambor de Maracatu