Oficina Grupo Folclórico Japonês ShyuDaiko em evento ANIQUEST em Itajaí Santa Catarina

IMERSÃO CULTURAL –

Uma vez, um integrante do grupo Araumaza danças folclóricas de Tokyo falou:
“se as batidas não encaixarem ou se elas saírem erradas, sem problemas, pois o importante é sorrir em quanto você toca, pois é ali que a verdadeira alma do taiko surge e contagia”
_DSC0074 (Copy) (Copy)_DSC0078-2 (Copy) (Copy)_DSC0084 (Copy) (Copy)_DSC0143-2 (Copy) (Copy)_DSC0144 (Copy) (Copy)_DSC0145 (Copy) (Copy)
Fotografia: Lucas Eduardo Fernandes de Oliveira Adão