A Itália está viva no Extremo Oeste Catarinense

©SemFronteiras/Amaral

©SemFronteiras/Motta

Tarantela Napoletana e muitas outras músicas e danças típicas trazidas pelos colonizadores italianos ainda estão vivas no Extremo Oeste Catarinense, graças a inciativas como a do Ponto Cidade tem memória, de Caxambu do Sul.

Oito casais, caracterizados com os trajes típicos da Itália, do século passado, mostraram um pouco das danças de roda, que reuniam o povo nas festividades das décadas de 20 a 80, no Brasil.

Além de dança, o ponto estimula a arte, o teatro e a música na região.

©SemFronteiras/Motta©SemFronteiras/Motta