Tambores Japoneses e NEEB

Há cerca de 15 anos, um grupo de voluntários da Sociedade Espírita Joinvilense – SEJ iniciou um trabalho assistencial denominado “sopa fraterna”, que consistia na elaboração semanal de sopa.
Naquela ocasião, foi construída uma cozinha no próprio local para facilitar a sua elaboração. Para as crianças, foi montado um parque com diversos brinquedos, já que na comunidade não havia nenhum tipo de lazer para elas.
Num segundo momento, identificamos a necessidade de passar àquelas crianças e jovens carentes, os ensinamentos da moral cristã, tendo início o trabalho de evangelização infanto-juvenil. Assim, foram construídas quatro salas de aula.
Para as senhoras e moças foram estruturados os cursos de artesanatos, bordados e tapeçarias. Para os jovens, a prática de esportes. Idealizou-se, ainda, a necessidade inclusão digital através dos cursos de informática e de manutenção de computadores.
Por fim, identificamos a necessidade um auditório multiuso para eventos, palestras e reuniões. Esta obra encontra-se, atualmente, inacabada por falta de recursos.
NEEB – Núcleo Espírita Eurípedes Barsanulfo
Laser, cultura e disciplina
Após uma apresentação onde o grupo ShyuDaiko para as crianças do projeto NEEB, o taiko passou a fazer parte das atividades dessas crianças, mais de 30 crianças puderam praticar essa arte, e conhecer um pouco da cultura milenar japonsa, hoje o grupo conta com 14 alunos fixos, que se preparam para uma apresentação no final do ano para toda comunidade do Morro do Amaral.
Em contato com o grupo e o projeto Ponto de Cultura, as crainças puderam melhorar suas perspectivas, buscando um futuro melhor, a relação entre as crianças e os monitores só veem crescendo, temos convicção em dizer que esta parceria nos dará bons frutos. HAJIMEMASHOU!!!